Bianca Toledo

Em Detalhes

Apaixonados pela ilusão abril 25, 2010

Filed under: Reflexão — biancatoledo @ 1:21 am

Gostaria de saber porque a mentira sempre seduz e convence o coração a fugir da verdade, adiando a frustração e tornando tão doce e irresistível a ilusão.

Simplesmente nos convencemos que um belo dia a mentira que desejamos se tornará real e a verdade simplesmente deixará de existir. A verdade dói?

E alguém já morreu de dor?

“Amanhã é um novo dia e tudo vai ser diferente”

“Ele não fez por mal”

“Sei que depois que casarmos ele(a) vai mudar”

“Segunda-feira começo a dieta”

O auto-engano assola todos os níveis de QI e todas as classes sociais. Desejamos criar uma realidade paralela que nos aproxime do ideal, torcendo pra que seja real, e normalmente nos frustramos, na melhor das hipóteses com alguns arranhões e contusões na alma.

O impulso de ter aquilo que se deseja ultrapassa a sensatez de esperar para que se revele.

Não há segredos na alma que a conduta não revele.

Mas para que a revelação aconteça é preciso tempo, paciência e uma boa dose de frieza para conhecer o real e aceitá-lo antes que a paixão te cegue. Contra fatos não há argumentos.

Homens e mulheres, todos nós estamos em busca de algo.

E nessa busca precisamos estar plenos.

A plenitude traz a paciência e a serenidade necessárias para identificar o que nos faz verdadeiramente bem nos momentos mais difíceis de resistir à ilusão.

Sabe quando vemos aquele sapato dos sonhos com um preço incrível e totalmente adequado à roupa que usaremos naquela noite tão especial? … Com um detalhe; ele é 2 números menor que o seu pé.

“ Não tem problema, vai lacear, e eu vou agüentar.”

Porque nos iludimos?O benefício passageiro vale a dor e a lesão muitas vezes definitiva?

Pergunte o número antes de se apaixonar.

Ande um pouco com ele, veja se está confortável, pense, veja-o em todas as ocasiões, se possível espere um tempo e se ainda o quiser e preencher todos os requisitos, torne-o seu.

Não estou aqui apoiando o perfeccionismo ou a crítica abusiva. Muito pelo contrário. Estas coisas nos levam a maquiar o real para suprir nossas elevadas expectativas.

Simplesmente acredito que devemos parar e pensar sobre a maneira como fazemos nossas escolhas e desesperadamente procuramos preencher nosso vazio.

Muitos passam uma vida aprisionada por escolhas mal feitas com conseqüências definitivas.

A paixão faz isso. Desejamos desenfreadamente por algo que deveria estar dentro de nós.

Todos temos um vazio do tamanho de Deus.

E tudo que tentarmos encaixar neste vazio vai nos frustrar e o tempo que levamos nos enganando é um tempo totalmente perdido. Enquanto a vida plena tem tanto a nos oferecer.

Uma vida sem amarras, sem dependências ou co-dependências, sem vícios, sem este apetite desenfreado por afeto e atenção.

A liberdade não está em ter, e sim em ser. A aventura da consciência em busca do seu próprio complemento, através da reconciliação consigo mesmo define a verdadeira liberdade.

Propor-se a descobrir a verdadeira condição de si e do próximo através de suas ações e não de suas intenções é examinar suas manifestações de forma mais fria possível, fugindo a todo determinismo interior ou exterior, tornando-se assim integralmente responsável por todas as suas ações e respectivas conseqüências.

O ser humano é intrínseca e ontologicamente livre e ironicamente luta contra isso.

Existe um mundo confeccionado para te iludir, ludibriar, alimentar suas ilusões e fortalecer a idéia de que precisamos viver em busca da felicidade, de preferência que ela caia do céu de forma milagrosa e instantânea.

… Sem muito esforço, sem sacrifício.

Se pudermos compra-la, melhor ainda.

Mas a verdade disso tudo é que o sistema e a sociedade que alimenta suas doenças não prepara suas curas. Simplesmente aguarda seu triste fim e te exclui.

Então porque nos preocupamos tanto com o que as pessoas pensam e esperam de nós?

A tradição e a religião nos manipulam com a culpa e nos mantêm alheios à realidade, a verdade e a liberdade que nos pertencem.

Acordar de um mundo de sonhos, de uma anestesia deliciosa que nos mantém inerte é decidir agir em direção à plenitude de ser.

E começar aprendendo a dizer não aos prazeres fáceis, à paixão insensata, a fé sem base, à ilusão dos argumentos que defendem a mentira de quem na verdade não quer abrir mão do que deseja.

E pensar que tudo isso começou com uma paixão…


 

Uma Cultura sedutora agosto 10, 2009

Filed under: Reflexão — biancatoledo @ 5:36 pm

Dizer-se cristão, no mundo atual, já não representa nenhuma garantia de honestidade, ética e moralidade.

A sedução do mundo tem levado inúmeros cristãos a um gradativo abandono dos princípios bíblicos.

E não se trata de uma proposta de renúncia imediata do evangelho; é antes um trabalho minucioso de encaminhar o indivíduo para o lado, para a margem, a fim de parecer que é, sem ser, pois ao discípulo ludibriado, quase sempre, resta a impressão de que ainda é um crente fiel a Jesus.

Quero nos desafiar nas próximas publicações a viver em nossa cultura sem ser seduzido por ela.

É impossível vencer este conflito sozinho, é uma decisão diária, e precisamos de ajuda.

Vamos juntos refletir sobre alguns momentos da vida do profeta Daniel, que com inteligência e perspicácia fez a diferença no tempo em que viveu.

Vamos falar sobre a influência Cultural, a mudança da linguagem, a despersonalização e a compra da consciência, que são algumas armas de sedução que atacam todos nós todos os dias, direta e indiretamente.

Onde somente a firmeza de caráter, fé em Deus, distinção espiritual, intimidade com Deus e  Visão podem nos dar a vitória sobre este ataque terrível.

Vivemos num tempo em que a maioria das pessoas vivem oprimidas e infelizes.

Presas à um comportamento repetitivo e autodestrutivo cedendo às tentações, e fugindo do sacrifício pessoal de esperar pelo tempo de maturação de todas as coisas.

Vivemos uma fantasia egocêntrica de acusações e justificativas sem fim.

O caminho da obediência parece mais longo, mas certamente gera frutos para a eternidade.

Continue comigo nessa caminhada, e vamos celebrar juntos nesta colheita.

Bianca Toledo

Estudo inspirado no livro, Ser cristão numa cultura sedutora, de Alcides Martins Junior.

 

Be Free julho 14, 2009

Filed under: Reflexão — biancatoledo @ 2:45 pm

liberdade

” Os homens comuns preferem as certezas tranquilizadoras e a disciplina cega, aos tormentos da liberdade”.
(Fiódor Dostoiévski)

 

Novo Projeto no forno… julho 11, 2009

Filed under: Prosa — biancatoledo @ 11:18 pm
Bianca Toledo em detalhes

Bianca Toledo em detalhes

 

Quanto estiver morto estará pronto

Filed under: Reflexão — biancatoledo @ 8:42 pm

Vivemos em um tempo onde somos cercados de manjares.
Manjares para o ego, para a carência, para o vazio, para indecência.
Chegam por todos os lados.
Soluções fáceis… Doces distrações.
Mentiras atraentes, atos inconseqüentes, inquieta mente busca… Paz.

A decisão de seguir à Cristo nos dá o direito de saber a verdade e escolher estar com ela.
Muitas vezes esse processo não é agradável, porque somos estimulados o tempo todo por um mundo de mentiras e prazeres imediatos.
E continuamos vazios. Donos da razão.

A Ilusão de encontrar em alguém, ou em alguma forma ou estado a sensação ideal, a felicidade, é uma busca sem fim.

A busca do poder, do controle e da aprovação, seja ela familiar, profissional ou religiosa só nos afasta dia a dia da verdadeira liberdade para a qual fomos chamados. Todos nós queremos o sucesso, e quando o conseguimos percebemos que, nesse aspecto, ele não é determinante.

E assim acontece com o casamento, com as posições respeitadas de liderança, com as soluções estéticas, e com tudo aquilo que possa nos parecer um facilitador da felicidade.

O convite que eu recebi hoje de Deus foi para refletir sobre seu filho, que abrindo mão de tudo, nos céus e na terra, cumpriu sua missão, vivendo com abundancia. Ele não só teve em si a plenitude de todas as coisas, mas a compartilhou com quem estivesse com ele.

A decisão de segui-lo, porém, exige de nós o desejo de ser como ele.

“Se alguém quiser vir após mim, negue à si mesmo”  Mc 8:34

Porque esquecemos frases como essa quando procuramos respostas,

e buscamos apenas as promessas? Não cansamos de andar em circulos?

Quanto maior o benefício, maior a responsabilidade.

Negar a si mesmo não é alienar-se da realidade.
Pelo contrário, muitos buscam na religião uma nova decoração para suas prisões e enfermidades.

Preciso morrer para as minhas desculpas, para minhas mentiras, para o meu conforto que me mantém alheio à vontade de Deus.

Abrir mão, renunciar a própria razão, e obedecer.
Ser como Ele!

Um preço diário por uma glória eterna!

Não é abrir mão dos prazeres, ou dos benefícios de uma vida de sucesso.
É eleger uma matriz, uma fonte, ser com Ele, ser por Ele e para Ele.

Porque absolutamente ninguém quer mais a sua felicidade que aquele que entregou a própria vida por você.

Você estaria disposto a morrer por Ele?

Está disposto a matar o seu ego?

O egoísmo
O orgulho
A soberba
A Crença de que suas obras o justificam
A independência
Preocupar-se mais com suas intenções do que com suas ações

” Na verdade, na verdade vos digo que, se o grão de trigo, caindo na terra, não morrer, fica ele só, mas se morrer, dá muito fruto.” Jo 12:24

Sem morte não há produtividade

O reino de Deus não é uma filosofia, nem uma religião de rituais vazios.

É um compromisso real de sacrifício racional, que aos poucos, dia a dia, preenche todos os espaços da alma, alinhando nossa personalidade com a sabedoria de Deus.
Desta forma, nos tornamos agentes deste reino, atuando positivamente na igreja e principalmente na sociedade como Jesus atuou.

Não mais porque desejamos aprovação e alimento para o ego, mas simplesmente porque desejamos compartilhar o que recebemos do Pai.

Ele hoje me pergunta:

Quanto de mim há em você?  Quando Morrer, estará pronta.

Bianca Toledo
São Paulo-Brasil 11/07/2009
“E não nos cansemos de fazer o bem, pois a seu tempo ceifaremos, se não houvermos desfalecido” Gl6:9

 

Em Busca da Liberdade dezembro 18, 2008

Filed under: Reflexão — biancatoledo @ 12:30 pm

“O Deus que nos deu a vida, nos deu ao mesmo tempo    a liberdade”   Thomas Jefferson

Devemos sair da gaiola ao invés de redecora-la de tempos em tempos…

A liberdade é um fardo que só uma pessoa madura pode suportar.

Ela acontece em nossa mente quando aceitamos nossa responsabilidade para avançar e permitimos o recondicionamento de nossos pensamentos opressivos.

Aqueles que não se movem para frente, viajam em círculos, sem propósito, porque nada muda verdadeiramente até que a pessoa mude sua maneira de pensar.

Milhares de pessoas são aprisionadas pelo seu passado.Embora suas correntes já tenham sido quebradas, estão aprisionadas pelas mentiras do condicionamento que nunca desfrutam de liberdade para usufruir os frutos do seu destino. O conforto de terem pessoas, “coisas” ou situações controlando seu estilo de vida na escravidão é extremamente atraente para muitos. E permanecem na estaca zero.

Não exercitam a mente, e nunca aprendem sobre o que está fora das portas da prisão.

A mensagem do Criador para o século XXI é esta: Obediência exige responsabilidade para caminhar fora das portas da prisão.

É hora de Agir! Na fé de que fomos criados para a liberdade.

Liberdade é ter opção de escolha, e não agir por um impulso que te obriga a decidir por algo que aprende a querer por não ter escolha.

Ser livre é ter uma vida responsável.

Colhendo Bons frutos por suas escolhas.

Algo pelo qual vale a pena lutar…decidir…alcançar.

Este é o motivo pelo qual o apóstolo Paulo escreveu em sua carta à igreja cristã em Roma: ” E não vos conformeis com este século, mas transformai-vos pela renovação da vossa mente, para que experimenteis qual seja a boa, agradável e perfeita vontade de Deus.” Rm 12:2

É tempo de Ser Livre! É hora de vencer!

 

Bianca Toledo

(texto inspirado no livro Em Busca da Liberdade-Myles Munroe)

 

Bianca Toledo, em detalhes …

Filed under: Prosa — biancatoledo @ 11:39 am

Um ponto de encontro!

Espaço livre pra refletir e prosear

Há muito tempo não escrevo

Vejo na escrita um espelho, assim como na música

…pra quem faz com verdade

Vamos cultivar isso aqui!

Leia e deixe um pouco de você …

Seja Bem Vindo, sempre.

Bianca Toledo_mg_0015-2

 

 
Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.